O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

O impacto dos pensamentos

 

«Vocês, seres humanos, não têm consciência do poder psíquico que emana do que são. Não têm consciência que os vossos pensamentos têm um resultado bem diferente do que supõem.
A associação de todos os pensamentos inferiores, das emanações de sofrimento, de violência, de tristeza, cria uma egrégora terrível, aterradora, que não vêem. Essa egrégora impacta muito profundamente a sua consciência planetária e a sua matéria.»
Eles mostram-me uma grelha com várias cores. Tento aperceber-me bem do que me mostram para descrevê-lo bem.
«É a grelha energética de protecção do planeta Terra. Ela protege-o de todos os pensamentos inferiores, pensamentos que, igualmente, fragilizam consideravelmente essa grelha energética e vibratória. Então, o que faz o planeta Terra? Ele tenta lutar com todas as suas forças contra o ataque dos pensamentos inferiores!
Claro, os seres humanos não se dão conta do seu poder, assim ele tenta defender-se pelos meios que tem, quer dizer, as tempestades, os tremores de terra, as erupções vulcânicas, etc. Esses meios de defesa ajudam-no a restabelecer um pouquinho o seu próprio equilíbrio.
É preciso que tenham consciência que a certa altura, se não fizerem o que é necessário, o planeta Terra reagirá muito mais violentamente, de certa forma para assegurar a sua sobrevivência, mas não só a sobrevivência da sua matéria, a sobrevivência da sua consciência.
Claro, os Vigilantes, os Seres de Luz e os vossos Irmãos Galácticos ajudam-no de forma considerável.
Mas vocês, vivem na vossa Mãe Terra, estão na matéria, e o impacto que têm sobre ela é muito forte, o que dá um trabalho considerável a todos os seres que desejam ajudar esse magnífico planeta, precioso para o sistema solar e as galáxias.
Assim, também é preciso que tomem consciência disso e que o ajudem não só à maneira dos seres humanos mas com o Amor que está no vosso coração.
Como fazer? Primeiro, é importante que cada um de vocês trabalhe sobre todos os seus pensamentos de limitação, todos os seus pensamentos de negação, todos os seus pensamentos destruidores de violência e medo; o medo é uma energia terrível para o planeta Terra! Infelizmente, neste momento, certas entidades fazem tudo o que podem para gerar o medo nos seres humanos de forma terrível.
Por isso é preciso que se afastem desses medos gerados pelas entidades que puxam os cordelinhos no vosso mundo e o dirigem. Não continuaremos sobre esse assunto, não é necessário.
Comecem primeiro por dominar os vossos pensamentos, as vossas palavras e as vossas emoções, porque as emoções têm igualmente um impacto enorme sobre o vosso planeta Terra e não se dão conta disso.
Imaginem um, dois, sete mil milhões de indivíduos que projectem os seus estados de alma (utilizamos a expressão humana) que projectem em permanência os seus sofrimentos, as suas revoltas, as suas emoções. Se forem emoções positivas é maravilhoso, mas muitas vezes os seres humanos só projectam emoções inferiores.
Se se tratar de um só individuo, não é grave, ele pode no limite ter emoções inferiores, até medos, violência, etc, mas multiplicado por vários milhões, ou vários milhares de milhões, imaginem o impacto e o que pode influenciar na consciência e na matéria da vossa Mãe a Terra!
Os Vigilantes que estão à volta da Terra, as entidades dos altos planos de Luz e os vossos irmãos galácticos trabalham em permanência para que todas essas emanações psíquicas inferiores não ultrapassem o planeta Terra, quer dizer, a sua rede e, de certa maneira a cinta energética que se encontra além dela.»
Eles mostram-me figuras geométricas que se entrelaçam umas nas outras e que formam uma rede; nessas figuras geométricas há cores por vezes escuras, por vezes luminosas.
«Assim, aqueles que têm muito Amor trabalham para que essas energias não avancem para o vosso sistema solar e muito além.
Um pensamento não tem limite, e vocês não o compreendem ainda realmente. Nada pára um pensamento! O vosso pensamento pode ser percebido na outra ponta do mundo e pode associar-se a um pensamento semelhante que se encontra também ele na outra ponta do mundo.
Para o pensamento, não há limite, seja no tempo ou no espaço, porque o pensamento é uma energia, uma vibração. Nada pára uma energia, nada pára uma vibração! Ele parte e vai cada vez mais longe. Mesmo uma parede não pára uma energia porque ela atravessa as paredes.
A partir do momento em que tiverem consciência da vossa responsabilidade em relação ao poder dos vossos pensamentos, poderão mudar o mundo!
Será esta cada vez mais a finalidade do ensinamento que vos damos!»

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário