O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

sábado, 5 de dezembro de 2015

Não chorem com aqueles que choram !

 
Canalização de 20/11/2015

Korton diz-me:
«Filhos da Terra, vivem um período muito importante para a vossa evolução, para o vosso futuro e para o futuro da Terra. Todos têm consciência disso, mas por vezes essa consciência está um pouco velada pelos medos que vos assaltam. É por isso que vos pedimos várias vezes para trabalharem os medos, e sobretudo trabalharem o Amor.
Neste momento, no planeta Terra, acontecem muitas coisas, mas não aquelas que se apercebem e que são uma parte ínfima de tudo o que acontece. Não têm consciência do que acontece muito além do que se podem aperceber e ouvir!
Porque pedimos a cada um de vocês para trabalhar o mais possível a sua transformação, para tomar consciência do Amor que está em si e oferecê-lo? Porque todos os Trabalhadores de Luz que se investirem nessa missão podem fazer e farão inclinar a balança no bom sentido!
Há vários anos, dissemos que havia uma gigantesca confrontação entre duas forças. Agora essa confrontação situa-se na matéria porque deve ser assim. A força a que chamamos “a luz não iluminada” não quer ceder o seu lugar; no entanto sabe que o seu tempo está contado.
As Hierarquias de Luz decidiram agora que o mundo inelutavelmente iria para a Luz, que devia ser iluminado pela Luz Divina, isto é pelo Amor, e que a sua quarentena deve terminar.
É preciso que saibam que as Grandes Hierarquias de Luz, os vossos Irmãos de Luz e os vossos Irmãos galácticos não podem agir se, com o Amor que emana de vocês, não participam na gigantesca transformação que verá o nascimento do novo mundo, esse mundo ao qual querem tanto (o que compreendemos). Vocês, como nós, somos os artesãos do futuro da Terra!
É preciso que não fiquem afligidos em relação a tudo o que acontece! Infelizmente para os seres humanos, é apenas o início! Pelo contrário, é preciso trabalhar mais o Amor e oferecê-lo!
Trabalhar o Amor quer dizer ter consciência do Amor para vós mesmos. Muitas vezes, é mais fácil oferecer o Amor aos outros que oferecê-lo a vós mesmos, e sobretudo tomar consciência que são Amor! Não é necessário fazer uma grande ginástica intelectual! Tomem simplesmente consciência de que são Amor porque o Amor é uma vibração necessária a este mundo que muda a uma velocidade considerável.
Não se podem aperceber da rapidez dessa mudança senão através das experiências pessoais e através de tudo o que acontece no vosso mundo!
Assim vocês, Filhos da Terra, e nós que somos iluminados pela Luz Divina, devemos trabalhar ainda mais com a consciência do trabalho cumprido e da missão que vos incumbe. Não chorem com aqueles que sofrem! Pelo contrário, tentem escutá-los, tranquilizá-los, dar-lhes carinho e o Amor que precisam!
Se chorarem com aqueles que sofrem, com os que choram, vocês não lhes servirão de nada! É absolutamente necessário que compreendam isso! Todos devem crescer, é a missão que escolheram!»
 
Mots clés: Korton, Hierarquias, galácticos, Luz

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário