O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

domingo, 1 de novembro de 2015

Lição de Sabedoria nº 73

 
«Como se podem dar conta, a época actual é uma grande época, com grandes agitações no vosso mundo, mesmo além do vosso mundo. É uma época onde tudo se coloca no seu lugar, em que o plano deve cumprir-se, é uma época em que a luta é muito sustentada, muito serrada entre as forças da luz sombra e as forças de Luz resplandecente.

Muitos canais não recebem mais mensagens, ou recebem-nas com menos facilidade que há a algum tempo atrás. Existem várias razões; uma dela é por uma questão de protecção. Explicaremos porquê.
Um canal capta por telepatia ou mediunidade. Mesmo que esteja suficientemente elevado no plano vibratório, pode haver interferências muito fortes que, não só podem pôr a sua canalização em perigo
como podem também perturbar esse receptor de forma séria.

Para protegermos esses canais envolvemo-los com uma casca protectora, mas isso não durará muito tempo, porque o momento virá em que não só todos os canais reencontrarão as suas capacidades e muito além, mas onde muitos seres humanos da próxima dimensão, senão todos, reencontrarão as mesmas capacidades.

A segunda razão é porque as energias recebidas são muito poderosas e podem travar as canalizações; demasiadas energias podem perturbá-las. O contacto entre os seres da Terra e os dos planos de Luz é muito frágil, basta por isso muito pouca coisa para alterá-lo. É muito frágil e também muito precioso para nós!

Quanto à Monique, o nosso canal, recebeu uma preparação particular, muito especial. Assim de forma nenhuma sofrerá as interferências, e por isso a casca protectora é inútil para ela! O implante de Luz que lhe metemos é uma imensa protecção, muito mais poderosa do que ela e vocês possam imaginar. Essa protecção é permanente há mais de vinte anos e ficará até o fim. A única coisa que poderia perturbar essa protecção seria ela não ficar centrada, alinhada, que perdesse a sua pureza e quisesse tirar proveito aquilo que é, do ensinamento que lhe damos. Se ficar íntegra como lhes dissemos muitas vezes – e isso também vale para cada um de vocês – nenhuma perturbação nem turbulência virá incomodar-vos na vossa evolução, na vossa ascensão.

Os canais são seres com uma forte hipersensibilidade e também com uma grande fragilidade. As Hierarquias de Luz decidiram por isso travar momentaneamente as comunicações e protege-los. Todavia, não se preocupem se espiritualmente vos parecer que têm menos vontade, porque é um trabalho muito importante que acontece em vocês, e é muito mais importante para os Trabalhadores de Luz dos quais fazem parte. É um trabalho de despertar, um trabalho de transformação celular, de transformação energética profundo.

Como já o dissemos, o que chamam pequenos incómodos de saúde fazem parte desse grande trabalho de despertar. Imaginem que são uma lagarta e que essa lagarta deve transformar-se em borboleta. A borboleta, é o homem novo em que se vão tornar, o homem da quinta dimensão; estejam certos que esse homem novo esteja pronto a eclodir em vocês, assim o antigo casulo da lagarta não vos pertencerá mais.

Esse renascimento é por vezes doloroso porque devem renascer inteiros, isto quer dizer com a energia do vosso corpo físico e com as energias dos vossos corpos suteis. Qualquer transformação é por vezes dolorosa mas também maravilhosa!

Vivem, viverão momentos muito grandes, momentos preciosos para a alma, momento preciosos para a evolução. Aconteça o que acontecer, mantenham-se centrados e tenham confiança.»

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário