O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

sábado, 3 de outubro de 2015

Vigilância a propósito de certos contactos

 
 
Falaremos de naves. É provável que alguns de vocês possam ver cada vez mais certos “fenómenos espaciais”.
O sinal das naves inamigáveis é muito fácil reconhecer; podem gerar curiosidade ou indiferença, e mesmo muitos medos, mas não geram nenhuma alegria.
Estejam muito vigilantes, e evitem sobretudo aproximarem-se de naves que, no fim deste período e no começo de um outro, durante o qual tudo será revelado, poderão até pousar. Poderão até ver os seres vivendo nessas naves. Têm um poder hipnótico imenso, podem mostrar-se da forma mais agradável possível.
No entanto reconhecerão muito rapidamente os seres galácticos “amigáveis” e “inamigáveis”, isto é, aqueles que fazem parte da Luz e aqueles que servem ainda a sombra.
Não se preocupem se vos acontecer ver uma nave no céu, ou talvez mesmo posada em terra. Nessa altura, será apenas uma pequena nave que faz parte de uma pequena unidade. Vibratoriamente reconhecê-la-ão, estejam ou não em harmonia vibratória com ela.
Eis o que convém fazer, se não estiverem em harmonia vibratória com ela: devem fixar a esfera ou a nave, e do vosso centro cardíaco enviar o mais possível Luz e Amor dizendo aos seus moradores: “que a Luz e o amor emanando do que sou e das partes superiores do meu ser vos seja oferecido”.
Se for verdadeiramente uma nave amigável, receberão de volta uma grande lufada de amor. Se não for o caso não receberão nada! No entanto pode ser que recebam como um longínquo agradecimento, vindo de um início de tomada de consciência dos seres que vivem nas naves às quais terão oferecido o que há de mais belo emanando das partes superiores do vosso ser. Nessa altura, se forem seres “inamigáveis”, não farão nada para tentar de levar-vos com eles. Isso poderá ser o caso para certos terráqueos que não tiverem nenhum discernimento.
Mais uma vez, tudo é apenas uma questão vibratória, tudo é apenas uma questão de Amor! O que é preciso que compreendam, é que todos os seres humanos que partem deste mundo e que nem sempre fizeram coisas fáceis para os seres humanos, o deixarão engrandecidos. A partir do momento em que um ser, seja humano ou não, está em contacto com o Amor e a Luz, ele transforma-se pouco a pouco, mesmo sem se dar conta.
Alguns desses seres terão muito mais dificuldade para se transformarem que outros, (será igual com certos seres humanos), porque estarão envolvidos por uma vibração bastante sombra que nem sempre lhes permitirá sentir a Vibração Amor que poderá ajudá-los consideravelmente.
O que vos dizemos referente às naves também pode dizer respeito aos contactos telepáticos. Se forem um canal ou intuitivo, também devem estar vigilantes em relação aos contactos telepáticos, porque podem chegar de seres inamigáveis. Então, quando não conhecem a fonte desses contactos ou se iniciam a nível das canalizações ou das percepções, enviem sempre Amor e a Luz àquele ou àqueles que comunicam convosco. Visualizem (ou pensem) a Luz, tentem, se for possível, visualizar o sol, e enviar a sua Luz sobre aqueles que querem comunicar com vocês.
A Luz e o Amor do Sol incomodam aqueles que não estiverem prontos a recebê-los, e nessa altura, eles não vos incomodarão mais, deixam-vos ou vão para outros lugares onde encontrarão (infelizmente) seres muito mais fáceis de dominar, e talvez “levar”.
 

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário