O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Lição de Sabedoria nº 72

«Os problemas de saúde, pelo menos os sofrimentos físicos, têm vários motivos para se manifestarem.
Provêm de um mal-estar profundo, de um sofrimento não aceite, e também por vezes de todas as iras, expressadas ou não. São motivos que vocês conhecem mas nem por isso deixam de cair nessas armadilhas.
Um outro motivo muito importante, é a mudança de vibração dos vossos corpos, do vosso planeta e de tudo o que vive.
Vamos ainda falar dessa mudança de vibração, dessa preparação para a transição. É muito mais complicado do que pensam porque tudo se deve transmutar em vocês, seja a nível do vosso corpo físico como dos vossos corpos energéticos! Tudo se deve transmutar para poder adaptar-se às extraordinárias energias das dimensões superiores.
Enquanto houver resistência consciente ou inconsciente nos vossos corpos, existe automaticamente somatização e sofrimento. A doença não existe , no entanto saibam que esta ou aquela doença corresponde a esta ou aquela entidade.
Neste momento muitos de vocês têm problemas a nível das vias respiratória e da garganta. Eles podem ser considerados como entidades que correspondem a esses problemas e que travam a vossa transformação, a vossa preparação à transição.
É preciso que tenham muita vontade, uma grande compreensão e sobretudo muito Amor para se prepararem para essa imensa transição sem sentirem efeitos secundários no vosso corpo físico e os vossos corpos energéticos.
Como manifestar a vossa vontade? Unicamente estando conscientes do que são, vigiando os vossos comportamentos e pensando o mais possível em acompanharem as vossas subidas vibratórias, em acompanhar a transformação dos vossos corpos para essa vibração muito mais alta.
Talvez seja uma oportunidade sofrerem esses desagrados porque têm muito mais consciência que acontece qualquer coisa em vocês, que vivem uma transformação interior. Alguns não precisarão dessas manifestações para viverem a sua transformação interior. Eles viveram-na de outra forma ou vivê-la-ão mais tarde.
Tenham consciência o mais possível da imensa transformação que sofrem. As grandes fadigas que por vezes vos abatem, também são sinais da vossa transformação vibratória. Não é assim tão fácil como supõem aceder à oitava superior!
Vocês sabem que são essencialmente energias, mas naquilo que são, elas têm várias frequências e é preciso que consigam afiná-las com a oitava superior. Não é fácil para vocês, Terráqueos, porque não só sofrem a vossa própria transformação, mas sofrem igualmente todas as energias que vos rodeiam e todas aquelas vindas do Universo que vos podem desestabilizar.
Chegará um momento em que começarão a sentir-se muito mais leves, em que tudo se colocará no seu lugar da mais bela maneira. Nessa altura, não sentirão mais fraqueza porque não estarão mais em profunda transformação. Dizemos fraqueza em relação a certas energias. Assim resistirão muito melhor a todas essas emanações gigantescas de energias que vos submergem.
Para uma maior compreensão, será preciso que tenham o seguinte em mente: não pensem mais na doença, pensem na transformação, na transmutação! Eliminem a palavra “doença” do vosso vocabulário e digam simplesmente: o meu corpo transforma-se, as minhas energias aligeiram-se, mas para que isso aconteça, causa-me for vezes transtornos.
Falamo-vos muitas vezes do ser Divino que está em vocês, todos têm total consciência disso, falam-lhe, mas a conexão ainda não se fez, por isso recebem apenas uma ajuda parcial do seu poder imenso.
É absolutamente preciso que harmonizem de novo o vosso corpo com a mais alta vibração. O que vos cria todos esses problemas desagradáveis, é uma desarmonia entre a frequência vibratória do vosso corpo físico e a dos vossos corpos suteis.
Dizemos para aqueles que trabalham com as energias que isso não tem nada a ver com o que conhecem a nível energético, acontece unicamente a nível da frequência vibratória que emite um som particular.
Se estiverem absorvidos pelas vossas preocupações, pelas vossas apreensões, se não abrirem mão, o trabalho que fazem não é muito importante. No entanto cada um pode fazê-lo à sua maneira! Deixamo-vos livres de se rearmonizarem através do Amor que têm pelo vosso corpo, da consciência que têm do Divino que está em vocês e que é todo-poderoso. Não impomos nada, damo-vos simplesmente possibilidades.
Sabemos até que ponto é difícil para vocês viverem esta transição! Muitos humanos vivem esta transformação de forma extremamente difícil simplesmente porque não têm consciência do que lhes acontece; estão na revolta, no ressentimento, na violência e na não-aceitação.
Por isso, mesmo que vivam alguns desagrados, estejam conscientes da sorte que têm. Estejam igualmente conscientes da ajuda considerável que vos podemos trazer. Não pensam suficientemente nisso ou duvidam.
Podem dizer: “claro que vocês nos ajudam, mas isso não tem grande efeito porque estou sempre muito cansado, porque tenho sempre esta constipação que não quer deixar-me, porque tenho sempre esta dor de garganta, porque, porque, porque…” E nós respondemo-vos: o que fazem realmente? Têm Amor suficiente pelo vosso corpo, por todos aqueles que vos rodeiam, pelo Universo? Têm consciência do que vivem? Têm consciência das vossas possibilidades? Por vezes queixam-se e são assistidos e não compreendem a força considerável que está em vocês!
Pedem aos outros para vos dar o que não podem dar-vos ou que vos dão com o seu Amor, enquanto em cada um de vocês se encontra um poder extraordinário. Claro, podem ser ajudados, é nobre e puro se for feito no Amor, mas não se esqueçam que no mais fundo de vós mesmos se encontra o poder que pode ser activado para vos ajudar na imensa transformação que todos vivem actualmente.
Nada do que vive, mineral, vegetal, animal ou humano, escapa a essa imensa transformação vibratória. Tudo deve transformar-se ou morrer, tudo deve preparar-se para a nova Terra, para a nova vida! Isto tem uma grande importância!
Vivem ao lado da vida mas não vivem na vida! Estão presos pelas vossas preocupações, compreendemo-lo porque a vida na Terra é muito difícil na época actual.
Se conseguissem viver muito mais tranquilamente e sabiamente, tudo aconteceria de forma mais fácil para vocês como para todos os humanos!»


Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário