O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

O perdão é essencial à evolução

 
Poderiam falar-nos um pouquinho sobre o perdão?

«O perdão é necessário à evolução. Como o dizes, o perdão, como o Amor aliás, tem várias facetas, mas o perdão mais importante é aquele que vocês dão a vós mesmos pois ele aniquila qualquer culpabilidade.

Por vezes, os seres humanos vivem experiências mais ou menos fáceis que os culpabilizam. Antes de perdoarem aos outros, perdoem a vós mesmos, pois façam o que fizerem isso faz parte do vosso plano de vida, isso faz parte do que escolheram antes de virem a este mundo!
 
Nunca poderão evoluir espiritualmente se não aplicarem o perdão! O perdão é essencial! Nunca poderão conhecer certas facetas do Amor se não aplicarem o perdão, primeiro o perdão à vós mesmos, depois o perdão aos outros.

O perdão é por vezes difícil de depurar, porque globalmente vocês têm a impressão que perdoaram, mas a nível subtil, no mais fundo de vós mesmos, diremos até, no vosso subconsciente, o perdão por vezes não é total!

Porquê? Porque o vosso ego engana-vos e diz-vos:” claro que perdoaste e perdoaste a ti mesmo!” Quando recordarem certos momentos da vossa vida que vos tenham feito sofrer, e se sentirem ainda um sofrimento, mesmo muito leve, é porque o perdão não foi total!
 
O perdão deve fazer-se assim: quando estiverem na dualidade ou no sofrimento com alguém, devem simplesmente dizer:” perdoo totalmente a essa pessoa pelo sofrimento que involuntariamente me criou. Que ela me perdoe também por todos os sofrimentos que eu lhe criei involuntariamente, e que estejamos na paz, na serenidade e no Amor.»

Não devem fazer isso apenas uma vez! Este tipo de perdão deve fazer-se até que tudo fique liberto em vocês. Um dia, sentirão que tudo foi libertado em vocês, pois se encontrarem essa pessoa e olharem para ela com outros olhos, os da fraternidade, se estiverem felizes por encontrá-la, é porque o perdão é total.
 
Para que um trabalho sobre o perdão se possa cumprir, é preciso por vezes semanas, meses. Não precisam de investir muito tempo, basta alguns minutos, mas devem fazê-lo muitas vezes na altura das vossas meditações, quando sentirem que ainda existem dificuldades relacionais.
Filhos da Terra, o perdão é essencial para a evolução, para a vossa própria evolução, pela harmonia e o Amor!»

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário