O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

sábado, 29 de novembro de 2014

Lição de Sabedoria nº 41

 
«É preciso que saibam que para cumprirem a vossa missão não estão sós porque somos muito numerosos junto de vocês.
Agora, o que é importante para vocês é conseguirem fazer a conexão entre os vossos corpos de Luz ou multidimensionalidades, o vosso corpo de matéria e o vosso sol interior, o Divino, o Poder Infinito, o Amor imenso que mora em vocês.
Quando o vosso corpo irradiar tudo isso, ficará sublimado. Nessa altura, a consciência que têm do vosso corpo será ela mesmo transformada.
Durante as vossas meditações, façam simplesmente apelo aos vossos corpos de Luz, tenham a impressão que vestem um manto de Luz que está feito com tudo o que são noutro sítio. Vistam o vosso corpo físico, que é a preciosa ferramenta do vosso presente, o vosso veículo ultra aperfeiçoado para a vossa viagem na Terra, com esse manto de Luz.
Tentem imaginar no interior de vocês um ser irradiando Luz e Amor, um ser de energia pura iluminando cada vez mais o vosso corpo físico e fusionando totalmente com os vossos corpos de Luz exteriores. É o casamento sagrado, o reconhecimento do divino no interior e no exterior de vocês. É uma boa preparação e uma forma muito bela de se elevarem vibratoriamente. É uma forma muito boa de realizarem a conexão, a unidade, o casamento Divino. Mais ainda, se fizerem esse exercício, algumas memórias ser-vos-ão restituídas, reencontrarão alguns conhecimentos preciosos que estão armazenados nas memórias dos vossos corpos de Luz.
Chegou agora o momento para a harmonização perfeita da vossa vida, as tomadas de consciência e a unidade entre a consciência física e a consciência espiritual.
Ajudamo-vos e ajudar-vos-emos cada vez mais. Chegará um momento em que terão a impressão de não precisarem mais de nós. Mas quem somos nós a não ser vocês? É preciso que consigam tomar consciência de forma profunda, real, que cada um de vocês é um só connosco e que nós formamos um só com vocês, porque somos todos emanação da Fonte, porque somos todos a vida manifestada.
Somos o que vocês são e vocês são o que nós somos. Não estão totalmente despertos para a consciência do que são, a consciência dessa força imensa que só pede para se expressar, a consciência de que esse imenso Amor deve igualmente expressar-se.
Não têm mais tempo para terem pena de vós mesmos, devem crescer. Eram um botão, agora devem tornar-se a flor que irradia a sua beleza, que exala o seu perfume, que alegra o coração, que alegra os olhos, que alegra o olfacto. Para cada um de vocês o tempo do botão está terminado, agora devem eclodir esse precioso botão. Sejam a rosa que alegra a vista, sejam todas as flores ao mesmo tempo. Sejam o ramo que oferecem ao Pai, sejam o ramo que oferecem a todos aqueles que amam, um ramo de Amor, um ramo de alegria, um ramo de luz.
Se tomarem consciência de todo o poder da vida maravilhosa e que mora em vocês poderiam dizer: agora que sou aquele que é, não preciso mais dos meus guias, não preciso mais de comunicar com seres do exterior! A isso responderemos: não precisam mais de nós de certa forma mas precisarão de nós para fusionarem, precisarão de tomar consciência da imensa vida que vos rodeia pelo Universo.
Não podem excluir-se um só segundo da Criação. Por isso quando realmente estiverem despertos, é a fusão com toda a vida que se tornará a meta a atingir, e estaremos sempre aí para vos ajudar nessa fusão, nesse encontro extremamente importante. Apesar da tomada de consciência do que realmente são, enquanto tiverem o vosso veículo de matéria haverá sempre patamares para ultrapassarem. Terão sempre momentos de dúvidas, menos leves, que serão criados pela vossa mente, pelo vosso ego.
A finalidade da vida é unir-se à Vida, a finalidade do Amor, é fusionar com o Amor. Os seres humanos ainda estão adormecidos, separaram-se da vida, separaram-se do Amor, e no entanto a Vida e o Amor ficam intactos neles. Essa vida e esse Amor esperam simplesmente o despertar; ele acontece mais, ou menos, depressa.»
Vejo muitas luzes de várias cores penetrarem mas também saírem de mim, como se as partes de mim mesmo se unissem ou reencontrassem outros seres semelhantes a mim graças à nossa pertença à mesma Fonte Divina que criou toda a vida.
«Os seres humanos têm vários modos de funcionamento. Vocês têm simplesmente conhecimento do modo de funcionamento que vos é útil no planeta Terra. Todos os outros modos de funcionamento estarão à espera, como se estivessem numa garagem onde aguardam que vocês tomem os vossos diversos veículos para poderem explorar, experimentar.
A linguagem do coração nunca mente, a linguagem do caroção nunca engana, a linguagem do coração está cheia de simplicidade, ela reconhece-se em todo o lado seja qual for a língua falada! A linguagem do coração não tem fronteira, é a linguagem Universal! Aprendam cada vez mais a linguagem do coração que expressará o Amor que está em vocês e através do vosso olhar humano, do vosso sorriso e mesmo de todo o vosso corpo.
Aprenderão primeiro a linguagem do coração e a seguir a do pensamento que é a linguagem universal, a única que ilumina, que nunca engana e que não engana ninguém.»

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário