O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Lição de Sabedoria nº 38

 
«Podem dizer-nos que as mensagens que vos damos há tantos anos são sempre parecidas, mas se vos repetimos sem parar as coisas essenciais que devem compreender, que devem assimilar, é por uma razão importante: trata-se da vossa elevação necessária para poderem passar a transição, essa transição que vos coloca tantas perguntas. A preparação é muito importante.

Alguns, como já vos dissemos, não levarão o seu corpo porque a escolha da sua alma é passar pela experiência da morte do corpo físico. Para outros, a transição acontecerá de forma totalmente diferente.

Já vos falámos muito sobre isso mas o mais importante não é a palavra transição, é a vossa preparação para esse precioso momento. Assim se insistimos permanentemente sobre tudo o que devem fazer para se aligeirarem, para compreenderem melhor o que são, é para vos permitir a passagem maravilhosa à quinta dimensão.

Os seres humanos começam a questionar-se. Alguns sentem uma inquietude, uma incompreensão. Na sua totalidade, são cada vez mais impregnados pelas novas energias que serão aquelas de depois da transição, aquelas da quarta dimensão, depois muito rapidamente da quinta dimensão. Cada um de vocês poderá fazer a experiência (por vezes de forma inconsciente mas por outras de forma consciente) de pequenos saltos, pequenos pulos nessa outra dimensão, nessa outra consciência.

Essa dimensão que é a vossa nova casa, o vosso novo lugar de vida, é uma dimensão de beleza, de clareza, onde as regras de vida não serão mais as mesmas, em que a telepatia será soberana, assim como outras faculdades do espírito, uma dimensão em que a fraternidade reinará no novo mundo, uma dimensão onde deixarão de existir as noções de lucro, de poder, de domínio, de prazeres que poderíamos qualificar de perversos para certos habitantes deste mundo. Tudo isto ficará nas energias do velho mundo que este velho mundo está a consumir.

Actualmente, podem dar-se conta de uma pequenina parte do que acontece no vosso mundo porque os vossos olhos físicos vêem, porque os vossos ouvidos ouvem que esta depuração faz-se pela água ou pelo fogo. O que não têm consciência, é da beleza que nascerá de tudo isto.

A vossa Mãe Terra está agora a nascer de forma relativamente rápida para sua nova frequência vibratória, para a sua nova dimensão de existência. Para vocês isto é ainda um pouco confuso, vocês estão na terceira dimensão, mas tal como são, com uma consciência diferente, também poderiam aceder à quarta, ou até à quinta dimensão.

Vamos dar-vos uma imagem para que possam talvez compreender melhor: imaginem dois mundos paralelos com dois planetas gémeos que se chamam Terra, um que está a apagar-se e outro que está a renascer para uma vida extraordinária. Separando esses dois mundos existe uma passagem vibratória, uma gigantesca passagem que certas frequências vibratórias ainda não podem passar. Essas duas
Terras existem, a da quinta dimensão tal como a da quarta dimensão. Vocês poderão atravessar essa passagem sem mesmo se darem conta; simplesmente passarão através da frequência vibratória, da energia protectora, porque estarão em concordância com essa vibração, com essa frequência.

Tudo se move na Terra, no vosso sistema solar, na galáxia e no Universo, com uma rapidez tal que nem podem ter consciência disso. Para vocês o tempo parece rápido e lento ao mesmo tempo. Para o Universo que se transforma, essa transformação faz-se com uma imensa rapidez.

As noções de rapidez, de lentidão, de presente, passado e futuro são só bases dadas à vossa terceira dimensão. Noutras dimensões, o tempo existe mas não tem a mesma realidade. Na sexta e na sétima dimensão, podem navegar no rio do tempo.»

Eles mostram-me uma imagem: vejo a nossa mãe Terra, e do seu centro emana uma esfera que é a sua réplica, mas mais pequena e cem vezes mais luminosa. Essa esfera cresce até se tornar tão importante como a esfera mãe. A esfera mãe diminui até desaparecer completamente para deixar o lugar inteiramente à nova Terra. Eles dizem-me:

«Tentem projectar a vossa consciência nessa nova Terra onde tudo está em paz, onde todos os reinos comunicam entre eles, onde os homens são cem vezes, mil vezes menos numerosos que agora na velha Terra. Eles vivem a paz, a serenidade e o Amor, em harmonia perfeita com todos os reinos. O homem novo tem apenas uma necessidade, uma só aspiração: servir a Criação, embelezar esse magnífico jardim do Éden que está à sua disposição. Essa Terra espera-vos. Amanhã, serão esses homens na sua nova morada.
 
Para passarem essa frequência, para fazerem essa imensa passagem, é preciso que se aliviem de tudo o que poderia tornar pesado a vossa frequência vibratória. É preciso que se amem com todo o vosso ser, com todo o vosso coração, é preciso que amem totalmente o vosso corpo e que lhe dêem graça permanentemente. Depois, é preciso que amem sem parar tudo o que vos rodeia, seja a natureza, o mundo, os reinos animal, mineral, vegetal, e claro antes de mais nada os vossos irmão humanos. Se forem demasiado pesados, se estiverem ainda demasiado apegados à antiga Terra, terão dificuldade em ultrapassar o limiar.
 
Para ultrapassá-lo terão toda a nossa ajuda, agarrar-vos-emos pela mão mas não poderemos nunca fazer o trabalho que vos incumbe.

Os períodos actuais são de grande importância e preciosos para a vossa evolução. Para a evolução da vida. Aprendam, contra ventos e marés (como dizem na Terra), a integrar o mais possível a alegria, a paz e a serenidade, a integrar e irradiar o Amor Universal. Façam o mais possível apelo ao Amor Universal para que vos inunde, que transforme tudo em vocês, o que ainda não está muito luminoso, que vos eleva.»
 
Mots clés: dimensão, novo mundo, Universo, transição

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário