O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

sábado, 1 de novembro de 2014

Lição de Sabedoria nº 37

«Primeiro falaremos da vida, do momento tão importante onde a vossa alma, com os vossos guias claro, decide experimentar a vida na Terra.
É a primeira grande iniciação que uma alma deve viver. E a maior das iniciações é quando passa pela grande porta que lhe permite iniciar vida nesta Terra num corpo físico, ela ainda está totalmente impregnada do seu modo de vida, o do espírito e o vindo de outros planetas, outros mundos.
Na Terra, as energias são muito envolventes, elas penetram por todo o lado, vocês aguentam-nas até o mais fundo da vossa alma, aguentam-nas através de uma multitude de experiências vividas e incompreensões do que são e do que podem realizar como seres espirituais. Quando estão presos na matéria não se dão necessariamente conta ou esquecem-se muitas vezes que são essencialmente um ser espiritual.
O que quer dizer um “ser espiritual”? As palavras são belas e agradáveis de ouvir mas o que contêm? Um ser espiritual é essencialmente um ser de energia tendo nos seus corpos súteis várias densidades de energias, vários níveis de frequências vibratórias de energias, no centro do qual se encontra um núcleo muito mais denso que tem a capacidade de registar todas as experiências vividas na matéria. Então chamamos esse núcleo mais denso “alma”; não é exacto, mas para a vossa compreensão utilizaremos este esquema.
Assim, quando se encarnam neste ou naquele planeta de terceira dimensão, o ser espiritual e sobretudo a alma carregam-se – essencialmente a nível espiritual – com uma quantidade extraordinária de frequências vibratórias assim como frequências diferenciadas do Amor. Para vos facilitar a vida nesta terceira dimensão, a Fonte, ou pelo menos as grandes Hierarquias de Luz dotaram-vos de capacidades extraordinárias, a de amar que vos permite experimentar muito mais profundamente, muito melhor a matéria.
É preciso que saibam que a vossa realidade terrestre é uma espécie de ilusão, a única realidade é que vocês vivem o momento presente, uodo o resto é apenas ilusão.
A muito grande iniciação é a passagem do que vocês chamam a morte e que é na realidade o desabrochar de uma nova vida. Quando deixam o vosso corpo físico, é absolutamente indispensável irem para o que chamamos um plano de despoluição. O que quer dizer o termo “plano de despoluição”?
 
Quando estão na Terra, vivem todas as vossas experiências felizes, nemos felizes ou infelizes, dos sofrimentos, e tudo isto está profundamente impregnado, não só na vossa alma que é o sítio de todas as vossas emoções, mas também em todos os vossos corpos suteis.
Para que possam continuar a vossa viagem, onde quer que seja que vos deve levar, seja nos altos planos de Luz do astral ou em outros mundos, é preciso que vocês se aliviem de tudo o que viveram e de tudo o que trouxeram convosco dos planos da matéria, na frequência da energia.
Quando essa limpeza é feita, quando realmente tomaram consciência do trabalho que cumpriram, isto é, da forma como se comportaram na vida com todos os adquiridos anteriores mas também com todas as novas expêriencias que acumularam, quando o balanço dessa existência for realizado, são orientados para planos onde podem continuar a estudar durante um certo tempo, se a vossa cessão de estudos não for terminada, ou vocês poderão também ser dirigidos para o mundo ao qual pertencem.
 
Mas aí também vos alertamos: é preciso que compreendam o poder do espírito no mundo do espírito.
 
Se não forem suficientementefortes, se não trabalharem suficientemente a consciência real do ser espiritual, do ser Divino que são, irão, no mundo do astral, criar os vossos próprios desejos, isto é, um mundo onde podem estar com os vossos irmãos das estrelas ou um mundo onde são um rei ou outra coisa; tudo o que não puderam realizar na Terra e que vos era querido pode ser realizado no mundo do espírito.
Mas como o mundo do espírito não tem uma realidade tangível, uma verdadeira realidade, podem ficar aprisionados a esse mundo. Poder ser uma prisão dourada, claro, que durará um certo tempo mas podem ficar prisioneiros desse “mundo virtual” que terão criado pelo vosso espírito.
Pelo contrário, se fizeram um trabalho muito bom de reparação, se se desapegaram como vos ensinamos dia após dia, se tiverem a consciência do que realmente são, que todo o poder está em vocês, se não se deixarem levar pelas vossas próprias ilusões, pelos vossos próprios fantasmas, os vossos próprios desejos, terão realmente a verdadeira força do espírito, a dos mestres, a dos dirigentes.
Não se deixem iludir por criações mentais do plano do astral porque saberão que esse plano é apenas um plano de ilusão, como o plano da Terra, certamente, saberão que não é um plano de criação durável, de criação real, que é um plano de aprendizagem da criação.
 
Por isso é preciso que trabalhem na Terra porque é na Terra que se poderão firmar, libertarem-se também de certas ilusões.
Isto pode parecer muito complexo para vocês, é por isso que falamos pouco disso porque o nosso canal não restitui completamente o que desejaríamos que restituísse pois é um pouco complexo para ela; não são planos habituais, nem a nível do conceito, nem a nível da forma, nem a nível do que poderíamos chamar sentimento.
O sentimento existe em certos planos do astral porque aqueles que estão nesses planos têm ainda muito apego pelos planos da Terra assim como pelos seres que amaram e que ainda estão na Terra".

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário