O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

terça-feira, 11 de novembro de 2014

A bolha de protecção

«Assim que uma criança começa a pensar, a perceber a vida exterior, cria inconscientemente uma bolha de protecção à sua volta. Ela fecha-se nessa bolha de Amor e Luz porque não quer sofrer em relação ao exterior. Ela guarda-a ao crescer, na adolescência e depois na idade adulta, porque a criou para se proteger do exterior e dos outros, para não ter que sofrer do Amor que espera e que nem sempre lhe é dado. Ela permite-lhe também não ter que sofrer da dualidade ou de uma vida afectiva e emocional mais ou menos difícil.
 
A finalidade da evolução é extraírem-se dessa bolha, é preciso que a consciência possa ir além dela para não ficar aí prisioneiro. É preciso dissolver essa bolha para poderem estar realmente em contacto com a vida, com a realidade, e com todo o Amor que se encontra à vossa volta, e também dar a possibilidade a todo o Amor que está em vocês de se expressar sem limite e sem medo, e deixar correr a sua energia para o exterior.
Não fiquem mais prisioneiros dessa bolha que criaram, como cada ser humano criou assim que tomou consciência que o mundo podia fazê-lo sofrer. É muito importante porque vivem um período em que devem retirar todas as barreiras e tudo o que criaram para se fecharem em vós mesmos; é preciso que se libertem totalmente.
Meditem nestas palavras, isto é muito importante: os seres humanos criam uma bolha de protecção para não sofrerem, muitas vezes para não sofrerem da relação com o outro e do Amor que não é necessariamente recebido, partilhado.
Vamos dar-vos um exemplo: numa família numerosa, uma criança pode viver o ciúme e sofrer porque pensa que é mais, ou menos apreciado pelos seus pais; então cria uma bolha ainda mais forte para não sofrer desse ciúme que faz parte dos seus medos primários.
Durante as vossas meditações, tentem sentir se se libertaram da vossa bolha, pois a meta do caminho espiritual é libertarem-se dela, estarem abertos a tudo o que se vos apresenta, integrarem todo o Amor que recebem do exterior, de todos aqueles que vos rodeiam humanamente, e de todos os planos que se interpenetram, dos vossos Irmãos de Luz e dos vossos Guias.
 
Quando se libertarem realmente dessa bolha, sentirão muito mais fortemente a vibração Amor. No entanto não fiquem tristes se isso não se manifestar pois pode acontecer inconscientemente se ainda não tiverem a capacidade de sentir certas vibrações.
 
Sentirão e saberão que saíram da vossa bolha quando aceitarem totalmente o que a vida vos oferece sem estados de alma particular, estando simplesmente no acolhimento, na aceitação, no reconhecimento e na gratidão pelo que o Universo e a Fonte vos oferecem".
 

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário