O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

segunda-feira, 6 de outubro de 2014


Texto de sabedoria dos três filtros de Sócrates      (filósofo :  ac470 - ac399)

 

A sabedoria de Sócrates, na Grécia antiga, era vital para esse grande filósofo. Um dia, alguém veio para visitá-lo e disse-lhe:

”- Já sabes do que acabei de ouvir sobre o teu amigo?

  - Um minuto respondeu Sócrates, antes de me contar qualquer coisa sobre as outras pessoas, era bom tirar um tempo para filtrar o que queremos dizer, é o que chamo o teste dos três filtros.

 

- O primeiro filtro é o da verdade. Verificaste se o que ouviste era verdade?

- Não simplesmente ouvi falar….

- Muito bem. Então não sabes se é verdade. Tentamos agora filtrar de outra forma utilizando um outro filtro.

 

 - O segundo filtro é o da bondade. O que me queres contar sobre o meu amigo, é algo de bom?

- Não é o contrário.

- Então, continua Sócrates, tu queres contar-me coisas más sobre ele e nem tens a certeza que são verdadeiras. Mesmo assim podes continuar o teste, pois ainda resta um filtro.

 

- O terceiro filtro é da utilidade. O que me queres conta sobre o que o meu amigo fez, tem de alguma utilidade?

- Não, não realmente.

- Então concluiu Sócrates, se o que me queres contar nem é verdadeiro, nem bom, nem útil… porque me queres contar?

 

 


Sem comentários:

Enviar um comentário