O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

sábado, 20 de setembro de 2014

Não intervir na vida dos outros

É preciso aprenderem a deixar os vossos familiares, os vossos amigos, viverem tudo o que têm para viver. São por vezes seres que vieram neste mundo com “bagagens grandes”. A única coisa que podem fazer por eles é interferir o menos possível na vida deles, deixá-los viver, apesar de “receberem golpes”, e amá-los.
Não tentem interferir na vida deles, não adianta nada!
Ajudar-lhes-ão no Amor que lhes podem dar. Não podem de forma alguma tomarem como vossos os sofrimentos deles, deixarem que eles vos destabilizem, porque vocês têm outra missão por cumprir que a de vos deixar destabilizar pelos seus familiares.
O que vos estamos a dizer é duro mas é necessário que entendam! Vocês são vocês, só devem dar muitíssimo Amor àqueles que vos rodeiam.
Mergulhem dentro de vocês, apelem à vossa própria divindade, e se desejarem falar com ela, peçam que as palavras que saírem da vossa boca sejam palavras de sabedoria.
Não podem muito interferir na vida destes seres, só devem mandar-lhes muito Amor e tentarem falar com a alma deles.
Não se podem esquecer de que uma alma é completa, pouco importa a idade do ser humano. Actualmente, os seres que encarnam neste mundo sentem ainda mais as diferenças vibratórias, e alguns aceitam-no dificilmente.
Vocês, humanos, têm a particularidade de sempre se preocuparem com os outros. Claro, é uma forma de amor, mas o que não entenderam é que quando se preocupam com os outros, desperdiçam um tempo precioso que vos permitiria trabalhar o Amor para vós próprios.
É necessário que entendam que o Amor que emana de vós pode transformar tudo ao vosso redor, que o Amor que emana de vós pode apaziguar a ira, as tristezas, e também pode curar doentes. Antes de poder criar este Amor é preciso estarem na serenidade total, ter um domínio total e uma confiança total.
Isso não é pedir-vos mais do que podem. É muito mais simples do que imaginam! São a vossa mente, o vosso intelecto, o vosso ego, assim como as conveniências juntas a tudo isso que vos impedem muitas vezes agir e reagir com sabedoria, com moderação, com Amor Incondicional. É toda uma educação que é agora preciso largar.
Têm que conseguir a ser vós próprios!
Insistimos muito ao dizer-vos que quando passarem de um certo patamar, quando emanarem de vós energias de Paz, de Sabedoria e de Amor, tudo mudará ao vosso redor! Até os seres mais reticentes à transformação poderão transformar-se ao vosso contacto.
Não se esqueçam que aquele que está perante vós, seja ele criança (e sobretudo uma criança) ou um adulto irá cada vez mais ter pressentir os vossos pensamentos. Ele pressenti-los-á, recebê-los-á. Pressentirá também os seus sentimentos e o vosso Amor.
Se os véus caírem para vós, cairão para todos os seres humanos, mas de maneira diferente para cada um pois cada um é diferente.
Façam o que podem para se transformarem interiormente e para pedir ao Ser Divino que são expressar-se muito mais, expressar-se nas vossas palavras, nos vossos pensamentos e nos vossos actos, expressar-se simplesmente na vossa vida cotidiana. Não se esqueçam de falar com Ele, e ficarão surpresos da sua resposta, pois resposta haverá, assim como haverá resposta da vossa alma”.
 

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário