O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Estejam muito atentos aos sinais

Transição
Estejam muito atentos aos sinais
«Actualmente, muitos seres humanos começam a sentir o despertar, transformam-se e renascem para si mesmos. Esse renascimento pode acontecer de várias maneiras; pode acontecer só por tomadas de consciência, mas para as personalidades demasiado fortes o despertar é mais difícil mas permite-lhes avançar mais depressa.
 
Não devem querer avançar e adquirir a Sabedoria para terem um pequeno passo de avanço sobre o vosso vizinho e pensarem: “ sou um pouco mais sábio que ele”; basta esta reflexão para provar que não o são! Por isso estejam atentos aos vossos pensamentos!
Cada vez mais funcionarão com o coração, isto é, com uma consciência de Amor, de Alegria, de Serenidade e de Fraternidade. A vossa mente apagar-se-á em benefício daquilo em que se tornam, mas se for muito poderosa, exigirá muito mais esforços.
Todos aqueles que tiverem uma personalidade muito forte terão, claro, mais problemas para resolver, ultrapassar, aceitar. No entanto uma vez que a consciência despertou, uma vez que o ego se colocou ao serviço, tudo acontece muito rapidamente. O que deve primar em todos vocês é o objectivo a atingir, isto é, ser realmente um Trabalhador de Luz ao serviço da Luz e do Amor.
 
Cada um tem as suas armas próprias, as suas ferramentas próprias. As ferramentas não são as mesmas para cada um porque nem todos têm o mesmo nível de consciência. O vosso nível de consciência é em função do que foram e do que viveram noutras existências, em função da vossa pertença a planetas longínquos ou até mesmo outras galáxias. Vocês são diferentes, mas essa diferença atenua-se muito graças ao vosso desejo profundo de servir a Luz e de ancorar o Amor na matéria.
 
Pedimo-vos com grande insistência para evitarem quaisquer palavras inferiores, evitarem qualquer constatação ou julgamento; estejam simplesmente na acção de cada segundo, na acção da vossa vida, no cumprimento da vossa vida.
 
A partir do momento em que olharem para trás, a partir do momento em que tiverem um olhar um pouco inferior sobre um dos vossos irmãos, colocam-se ao seu nível. Talvez, efectivamente, um ser humano seja inferior a vocês, mas a partir do momento em que tiverem consciência disso e o julguem, colocam-se realmente ao seu nível. Por isso apontem sempre para o que há de mais alto acima de vocês, e dessa forma poderão erguer-se cada dia mais para outros planos de consciência, para uma outra realidade e aprenderão a se conhecerem melhor, a viverem melhor a vossa vida e a irradiarem melhor a Luz e o Amor.
 
Muitas coisas se projectam no horizonte da Terra; há sinais no céu e na Terra, são múltiplos, e infelizmente os habitantes deste mundo não os veem. Eles continuam as suas pequenas vidas, mas nada os alerta. Há milhões de peixes ou animais que morrem, há florestas que ardem, há inundações terríveis e os homens olham para isso, muitas vezes com indiferença, como se isso não lhes dissesse respeito. Claro, se não está à sua porta isso não os toca mas são sinais que devem reparar porque são luzes de aviso.
 
Não queremos continuar de falar a esse respeito, simplesmente desejamos que possam tomar consciência das grandes, das muito grandes transformações que há e que haverá em vós mesmos e neste mundo. No entanto, não se focalizem nelas pensando:” será que deixarei este mundo amanhã? Terei coragem suficiente para viver se houver acontecimentos?” Isto não tem importância nenhuma! Coragem ou não coragem, partir ou não partir, não é isso o importante! O importante é o vosso percurso espiritual num espaço de tempo relativamente curto!
 
Vocês têm um contrato a cumprir! Vieram todos oferecer o que há de mais belo em vocês; vieram todos, e têm consciência disso, para poderem avançar mais depressa na vossa transformação, na vossa evolução. O nosso ensinamento fala ao vosso coração porque sabem que é um caminho justo que vos permite avançar no equilíbrio, na liberdade.
 
Através desse ensinamento, pomos um ponto de honra: de nunca vos impor nada e de vos dizer em permanência: sejam o vosso próprio mestre! A liberdade está em vocês! A liberdade não é fazer o que querem na matéria, a liberdade é a vossa escolha, a escolha para avançarem, a escolha para compreenderem. Ninguém vos pode privar da vossa liberdade, ela pertence-vos, mesmo num cárcere muito escuro! Ninguém vos poderá privar da vossa liberdade, porque a liberdade, como o Amor, como a Alegria, faz parte de vocês. Mesmo uma pessoa encarcerada pode, de uma só vez, ver a Luz e compreender de um dia para o outro, e mesmo encarcerada ela continua livre, livre de compreender, livre de avançar. Era importante que vo-lo lembrássemos!
 
Repetimo-lo: estejam atentos a tudo o que vos acontece, aos vossos pensamentos, aos vossos sentimentos, às vossas emoções, porque através de tudo isso poderão ter as chaves, e pouco a pouco compreenderão, avançarão. Não devem querer avançar mais depressa do que podem, devem simplesmente avançar ao vosso ritmo. Ir demasiado depressa pode levar-vos a cair! Não serve de nada quererem correr, quererem avançar, quererem ser o primeiro. O mais importante, é ficarem seguros neste caminho para não recuarem, para não caírem.
 
Eles dizem-me também:
 
«Cada vez mais poderão ver manifestações dos vossos Irmãos Galácticos. Dissemo-vos que quando nos virem em massa, será de certa forma um dos sinais da partida. Não falamos de partida pelo abandono do corpo neste mundo, falamos do começo de uma outra sociedade, uma outra forma de Amar, de viver, compreender, de partidas para os mundos de Luz que podem instalar, integrar na matéria.
O mundo de terceira dimensão tal como o concebem não vai durar muito mais tempo! Todos os seus fundamentos estão a desmoronar-se, irão cada vez mais dar-se conta disso! Mais uma vez, estejam atentos aos sinais, e quando esse gigante com pés de barro for totalmente desmoronado, a era do Novo Mundo começará. Poderão começar a sentir, através da energia, através das situações, através de muitas coisas, que mais nada está como antes, que tudo se transforma muito rapidamente.
Nós estaremos presentes! Nós, os vossos Irmãos invisíveis, como os vossos Irmãos Galácticos, seremos visíveis aos vossos olhos humanos, pois os vossos olhos humanos não serão mais o que são actualmente, os vossos olhos humanos terão uma outra visão, a visão de uma dimensão superior.
Que a Paz, a Alegria e o Amor inundem a vossa vida permanentemente! Estamos tão próximos de vocês agora, tão próximos! Amamo-vos infinitamente!»

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário