O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Pôr alegria no corpo e nas células


«Projectem o vosso pensamento e a vossa consciência no vosso interior, no vosso corpo.

Comecem pela vossa cabeça. Tentem ver o que se encontra a nível físico e a nível energético. Poderão ver o vosso cérebro e tudo o que a vossa cabeça contém. Além do vosso aspecto físico, poderão ver luzes, cores, ou uma vida diferente que desconhecem.

Desçam devagarinho no vosso corpo e tentem, da mesma forma que para a vossa cabeça, ver os vossos órgãos. A princípio podem imaginá-los fisicamente, pois a imaginação faz parte integrante do pensamento. Imaginem ou tentem ver a outra parte do vosso corpo, a parte Luz e as cores.

Ao fazerem essas investigações, poderão tomar consciência da vossa própria energia, da falta em energia de alguns dos vossos órgãos e do excesso de energia de outros órgãos. Poderão vê-los através das cores, senti-los através do vosso corpo ou de maneira mais subtil.

Vão ver ou imaginar, conforme as vossas capacidades de percepção, uma energia que sai dos vossos pés e que mergulha no mais fundo da vossa Terra. É a energia que vos liga a vossa Mãe Terra. Façam circular livremente toda essa energia de Vida, dos vossos órgãos, do vosso sangue, dos vossos músculos e dos ossos que consigam ter apercebido. Cada parte do vosso corpo gera uma energia. Para estar de perfeita saúde, é necessário que todas as energias funcionem em harmonia.

É muito mais fácil que o imaginam, fazer com que essas energias circulem com harmonia em vocês.

O que desestabiliza as energias dos órgãos do vosso corpo, são os vossos estados emocionais e os vossos pensamentos inferiores. Isto causa sobrecargas em certos órgãos e outros que ficam de certa forma subalimentados.

Tentem sentir a Alegria de cada Órgão, a Alegria do vosso sangue que circula livremente no vosso corpo, a Alegria dos vossos músculos e de toda a vossa matéria. Porque se a vossa matéria pode expressar o sofrimento e a dor, também sabe expressar a Alegria.

Quando dizem ”tenho alegria no coração”, não são simples palavras, dizem-no sem se darem conta do que realmente dizem. Poderiam dizer da mesma forma “tenho alegria no fígado, nos pulmões, nos intestinos…”. Claro, se disserem “tenho alegria nos intestinos” talvez leve as pessoas a rirem. A alegria do coração é muito mais lisonjeira.

Cada órgão pode expressar essa Alegria, essa energia subtil, essa leveza, mas também essa força.

Tentem situar, da maneira mais certa possível, a parte do vosso corpo que vos cria esse sofrimento. É simplesmente porque essa parte está triste. Ela não está na Alegria, mas precisa dela. Em vez de se queixarem e dizerem “ dói-me aqui”, digam “tal parte do meu corpo não se encontra na Alegria, então vou dar-lhe  Alegria e Amor.”

Lembramo-vos que a Alegria e o Amor andam a par.

Devem tomar consciência que as células registam tudo o que o pensamento emite. Por vezes, as vossas células também estão tristes. Se emitirem pensamentos de sofrimento, de tristeza, de revolta, impregnam as vossas células com todo esse mal-estar. Existem células em todo o vosso corpo e todos os vossos órgãos.

Podem, de tempo a tempo, mergulhar nessa Alegria, fazê-lo para cada órgão ou globalmente. Tenham consciência que cada parte do vosso corpo emite Alegria ou tristeza em função dos vossos comportamentos, dos vossos pensamentos e das vossas emoções.

Deveriam mudar a vossa forma de falar dos vossos órgãos. Em vez de dizerem “dói-me aqui”, deveriam dizer “este órgão está triste, então vou enviar-lhe muita Luz e Amor. Muito dessas extraordinárias energias, e tudo ficará em ordem”.

O único problema que vocês, humanos, encontram, é a barreira da vossa mente, do vosso intelecto. O vosso intelecto diz “isto é demasiado fácil, não pode ser” e nós dizemos: a Vida é muito mais simples do que pensam, são apenas os humanos que a complicam. Vocês todos têm um imenso poder e não sabem usá-lo. Têm um corpo extraordinário e não o sabem.

Se conseguissem colocar Amor suficiente nas vossas células e nos vossos órgãos, regenerá-los-iam e, travariam o que vocês chamam o envelhecimento. O problema dos seres humanos é que foram ensinados ao contrário. Foi-lhes incutido, desde praticamente o momento em que começaram a compreender, que existem coisas inelutáveis como o envelhecimento e o fim do corpo de matéria. Nós dizemos que não há nada de inelutável, tudo é simplesmente função dos impulsos que dão ao vosso corpo, e da consciência que têm da fragilidade desse corpo.

Há humanos que percorrem há séculos e milénios este mundo de terceira dimensão. Eles sabem regenerar totalmente o seu corpo e as suas células. Eles fazem-no com a Luz e o Amor. Não o fazem com a Alegria pois no nível em que se encontram, a Alegria existe permanentemente.

Façam esse exercício de Alegria no vosso corpo. Tentem, sem uma mente irritada nem pensamentos que vos poderiam travar, sentir no vosso corpo se existe um lugar que está triste. Nessa altura, com consciência absoluta do vosso poder interior, ponham Alegria e esperem o resultado.

Se não tiverem tristeza no vosso corpo, podem de qualquer modo dar-lhe Alegria. Será um bónus para todos os vossos órgãos e as vossas células.

Não se esqueçam que cada pensamento inferior emitido para uma parte do vosso corpo que está na tristeza, aumenta essa tristeza e não ajuda a ultrapassar esse problema.»


Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário