O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

sábado, 16 de novembro de 2013

O mundo precisa de Amor


«O vosso mundo precisa tanto de Amor! Os seres humanos precisam tanto de Amor! Desde o seu nacimento até ao seu regresso para outras esferas, é o Amor a mais importante preocupação da sua vida, manifestada ou não manifestada, é o Amor que toma o maior lugar no seu coração e na sua vida. Muitas vezes os seres humanos que sofrem recusam este Amor. Um ser humano não pode viver sem Amor.

O Amor manifesta-se a cada instante da vossa vida mas muitas vezes não o vêem porque não estão prontos para vê-lo, porque ainda não têm a consciência necessária para vê-lo. O Amor manifesta-se na natureza, o Amor manifesta-se através de um gesto, de um sorriso, de uma ajuda, o Amor manifesta-se da nossa parte por ajudas muito importantes mas que vocês não sabem reconhecer.

Vocês vivem o Amor a cada segundo da vossa vida! O facto de respirar pode ser considerado como um acto de Amor pois respiram o Amor universal. Tudo o que for energia à vossa volta é Amor, tudo o que é manifestação é Amor, qualquer troca de palavra pode ser Amor sem que se dêem conta.

O Amor tem milhões de rostos e o Amor está presente em cada um de vós, a cada instante. De manhã, quando acordam e abrem os olhos à vida, já estão no Amor.

O Amor é algo de inacessível para vocês porque lhe dão um valor que não tem. Confundem demasiado o Amor com a possessividade, o desejo profundo de trazer a si o que desejam, e é por isso que o Amor vos faz sofrer, é também por isso que não conseguem compreender o que o Amor é verdadeiramente.

Quando nos escutam, estão no Amor, manifestam este Amor no vosso coração, na vossa energia.

Gostaríamos muito que pudessem aprender a realidade do Amor! Amanhã, o vosso mundo será Amor, amanhã todos os vossos irmãos e vocês mesmos viverão esse Amor. Esse Amor será uma partilha de nível muito alto, uma nova consciência que nascerá nos corações e no espírito dos homens.

Gostaríamos que procurassem esse Amor à vossa volta para tomarem realmente consciência. Isto tem uma grande importância para a grande passagem. A passagem para esse mundo que vos prometemos há muito tempo, esse mundo de beleza, esse mundo de pureza, esse mundo de Amor.

É indispensável que se prepararem para este evento considerável, pois se não se prepararem para a chegada deste imenso Amor, poderão ficar infelizes num mundo idílico onde não compreenderão o que o Amor é realmente.

O amor é ver a alegria nos olhos do outro,

O Amor é sentir o seu coração em paz,

O Amor é alegrar-se da felicidade dos outros,

O Amor é alegrar-se da beleza que vos rodeia.

O Amor está presente, o Amor está em vocês!

Aprendam o Amor!

 
Em vez de ficarem nas preocupações ou no desespero, fiquem na confiança e na fé, fiquem na alegria deste Amor que manifestarão. Não coloquem nenhuma barreira entre vocês e o Amor, aceitem-no sobre todas as suas formas na sua pureza e na sua beleza!»
Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado
 

Sem comentários:

Enviar um comentário