O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

A tristeza é a energia inferior por excelencia


«Trabalhem a confiança, trabalhem a alegria!

A alegria é muito importante! Os seres humanos estão muito tristes! A tristeza é energia inferior por excelência.

O que representa uma situação difícil? Para um ser uma experiência parece muito difícil e para um outro não é nada! A experiência que podem viver pode parecer difícil, mas aos olhos dos outros ela não é. Então se ela não o é aos olhos dos outros, também poderia não o ser aos vossos próprios olhos!

Se não acrescentarem o medo, a dúvida, a preocupação a uma experiência difícil, vocês não a alimentam com energias inferiores, e nesse momento não há bloqueios, tudo consegue clarificar-se, resolver-se.

A alegria ajuda-vos a abrir as portas entre os períodos difíceis e os períodos em que se sentem à vontade, em harmonia e em paz.

O mais difícil para vocês, é terem confiança, desapegarem-se, estarem totalmente no acolhimento e na aceitação do que vivem, do que o universo vos apresenta e do que vocês programaram.

Então porquê ficar numa espécie de revolta, que os humanos têm sempre em relação a esta ou aquela situação, quer seja individual ou planetária, já que tudo foi programado antecipadamente para a evolução dos seres, para a evolução dos países, de todos os seres humanos, e igualmente para a evolução da consciência planetária?

Nada neste mundo foi feito ao acaso, e no entanto os humanos têm a impressão que nada foi programado, os seus sofrimentos, o sofrimento do mundo, a incoerência dos seus governantes, como os erros monumentais que podem cometer os seus cientistas. 

Não esqueçam que acima de vocês, as Grandes Hierarquias de Luz vigiam. A partir do momento em que tiverem consciência disso, tudo o que acontecer no vosso mundo deixará de vos tocar tanto, ficarão mais serenos porque saberão que, aconteça o que acontecer, é para o bem.

Numa árvore há ramos secos, e para que a arvore se possa desenvolver devemos cortá-los. A árvore não sofre assim tanto porque os ramos são secos! Se a consciência de uma árvore quisesse guardar os seus ramos secos permanentemente, seria toda a árvore que, no fim de um certo tempo, enfraqueceria, porque lhe retiravam a sua energia vital.

Por isso não devem alimentar as experiências difíceis, devem retirá-las da vossa vida deixando de lhes dar qualquer energia. Devem representá-las como os ramos secos da árvore que vocês são. Se quiserem que a árvore desabroche, dê folhas magníficas, flores magníficas e frutos magníficos, precisam de talhá-la, devem cortar o que já não é necessário e que prejudica a sua saúde perfeita e a sua beleza. Esperamos que compreendam o que vos queremos dizer.

Não se lamentem mais! Qualquer lamentação é um ramo seco, qualquer inquietação inútil é um ramo seco, qualquer sofrimento inútil é um ramo seco!

Na altura das vossas meditações, tentem ver se a árvore que são tem muitos ramos secos para cortar, para que a vossa árvore, essa magnifica árvore de vida, esse ser de Luz que são, possa resplandecer com beleza e harmonia.

Poderão muito facilmente lembrar-se deste exemplo.»


 Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário