O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

domingo, 15 de setembro de 2013

Aborrecimento, desencorajamento e preguissa espiritual


Neste momento a vida é bastante difícil para muitos humanos; mesmo naqueles que seguem um caminho espiritual, há um grande aborrecimento por vezes acompanhado de desencorajamento, uma espécie de preguiça espiritual, uma impressão de estarem a regredir.
Como lutar contra este estado que nos carrega um pouco?
«Primeiro gostaríamos de vos dizer que não há realmente regressão. Há momentos em que aquele que segue o caminho da Luz descansa, porque é necessário que possa integrar tudo o que lhe é dado, todas as energias que o planeta recebe, mas nem sempre é fácil para os humanos.

Que se apercebem eles do seu mundo actualmente? Não se apercebem de muita Luz! Apercebem-se de muito mais sofrimento e violência do que de Luz.
Todos vocês fazem parte da lei de ressonância, estão todos conectados. Por isso, como existe muito sofrimento, este toca cada um de vós a níveis mais ou menos significativos.

Existe aborrecimento, cansaço, e igualmente um certo cansaço espiritual. Quando as coisas não acontecem suficientemente depressa e vocês têm a impressão de patinar quando o que dizemos não se realiza num tempo relativamente curto, chega a dúvida e vocês dizem que já nem são capazes de meditar ou avançar nesse caminho como desejariam.
Quando é que realmente avançam? Já vos dissemos que muitas vezes é nos momentos mais difíceis que avançam mais depressa, pois nesses momentos vocês colocam as preguntas essenciais, e através dessas perguntas têm as respostas que vos permitem avançar.

Por isso gostaríamos de vos dizer: sobretudo não fiquem desencorajados! Estão a percorrer os últimos metros! O trabalho que cada um de vocês faz é um trabalho de Luz, trabalho que cada um faz à sua medida e em função do que é.
Tenham confiança e também um pouco de paciência! Devem dar tempo ao tempo, devem dar tempo às energias para se integrarem em vocês, e se por vezes estiverem cansados, se tiverem a impressão de não avançar, é porque as energias que conhecem e que estão habituados deixaram de existir ou existem cada vez menos. São diferentes energias, com as quais ainda não se familiarizaram, que inundam o que vocês são como seres humanos e muito além.

Continuem o vosso caminho da melhor maneira! A vossa alma leva-vos, empurra-vos para uma outra consciência, para uma outra realização de vós mesmos, e se criam resistência ao vosso avanço há sofrimento, por vezes há até somatização no vosso corpo.
Muitos seres humanos, no planeta Terra, esperaram muitas mudanças no fim de 2012, mudanças que, para alguns, não aconteceram.

Diremos – e vocês sabem-no muito bem – que desde o início de 2013 aconteceram muitas coisas em vocês e à vossa volta. Felizmente, não são coisas que vão fazer cair o mundo! Felizmente para vocês que um vos é dado um tempo de adaptação! Felizmente para vocês que nada acontece com grande rapidez porque perderiam o equilíbrio físico, mental e psicológico!

Na infinita sabedoria da Fonte, tudo acontece no seu tempo. No entanto o tempo acelera, e o tempo que foi ontem não é mais o de hoje: vocês já não têm a mesma noção de tempo.
Mais uma vez, tal como para a resposta referente à décima segunda hora, dizemos: não se precipitem demasiado, mesmo a nível da vossa própria evolução! Simplesmente tenham consciência que cada dia vos aproxima da vossa própria realização. Mesmo que hoje tenham a impressão de não avançar, de recuar, é apenas uma impressão, não é a realidade!

A realidade é outra, devem ir para essa realidade! Ela deve levar-vos para uma nova consciência, para a nova noção do que se torna o vosso mundo e do que vocês se tornam no vosso mundo.
Mais uma vez, a lei da ressonância aplica-se cada vez mais e com cada vez mais força a nível de toda a vida neste mundo, ou seja a lei da ressonância não se aplica unicamente aos humanos, aplica-se a nível dos diversos reinos.

Porquê a nível dos diversos reinos? Porque em função do que emana de vós, vocês influenciam os diversos reinos, e eles reagem à sua maneira no que emana de vocês, claro está, de acordo com a consciência da vossa Mãe a Terra. Tudo se interliga, e se assim não fosse o mundo não poderia existir.
Neste mundo e no universo, está tudo ligado. É o equilíbrio do universo que corresponde, entre outras, à teoria das cordas.

Confiem em vocês! Nós dizemos, voltaremos a dizer mais e mais: confiem em vocês! Não sejam demasiados exigentes! Não tentem subir degraus muito depressa pois descê-los-iam se não estiverem suficientemente seguros no degrau em que se encontram!»


Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário