O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Não se dispersem!

 
«Imaginem que os grandes seres que estão encarregados da Terra colocaram um grande relógio, o relógio do despertar, o relógio do planeta Terra. O que falta para que esse relógio soe para realmente despertar as consciências que irão esforçar-see um pouco para despertar? Resta apenas alguns minutos!
 
O que podem representar, à vossa escala, esses minutos? À nossa escala, claro, não representam nada, mas à vossa também não representam muito tempo. Depois os ponteiros ficarão no doze, na última hora, e aí tudo mudará na vossa consciência (não falamos da mudança externa).
 
Quando tudo mudar, o imenso computador que vocês são foi preparado através de estimulações, por ondas, e será muito fácil despertar para um outro estado de ser, perceber e viver a vida de forma completamente diferente.
 
Isso pode-vos parecer improvável! A realidade que parece improvável por vezes é a verdadeira realidade, a verdade!
 
Durante todos os momentos que acontecem, tentem estar o melhor possível com vós mesmos, tentem não ficar desestabilizados seja com o quê ou com quem for! A partir do momento em que traçaram o vosso caminho, continuem nele, pois sabem que é o vosso.
 
Esse caminho não é forçosamente aquele que vos indicamos, cada um pode ter o seu próprio caminho. No entanto aquele que vos indicamos protege-vos de algumas ciladas e facilita o acesso as outras partes de vós a um melhor conhecimento de vós mesmos e um avanço maior e mais rápido.
 
Cada um pode tomar a via rápida ou a via lenta para avançar! A esse nível a liberdade é total, e como já dissemos muitas vezes, se não conseguirem fazer um trabalho de compreensão e elevação numa vida, terão outras dez, cem ao vosso dispor. Não se esqueçam que a vida dura muito pouco tempo no tempo terrestre, e ainda muito menos no tempo universal!
 
Dizemos isso para que possam relativizar, não só no que são, mas também na vossa vida com as suas experiencias. A única coisa que conta aos nossos olhos e que deveria contar realmente aos vossos é a capacidade de amar incondicionalmente porque vocês são capazes (não universalmente pois ainda não são capazes). Vocês encaminham-se para isso dia após dia, e é muito importante!»
 
Queridos irmãos de Luz, poderiam dizer-nos porque é muito importante não ficar disperso durante este período?
 
«O que poderíamos acrescentar, é que quando encontrarem o caminho que vos convém, não se dispersem demasiado em caminhos que não vos trariam nada e que vos travariam.
 
Mais uma vez, porque somos justos, porque, claro, somos tolerantes e cheios de Amor para vocês, não dizemos que o caminho que vos oferecemos é o melhor, mesmo que seja um caminho seguro.
 
Se encontrarem um outro caminho que vos convém, não se dispersem, ou então tomem um caminho paralelo àquele que usam, pois não têm mais tempo para se dispersarem.
 
Agora é necessário que avancem muito rapidamente na vossa compreensão.
 
Para vos facilitar a tarefa, actualmente vocês possuem tudo o que precisam neste mundo, seja a nível intelectual (pois alguns funcionam muito com o intelecto), seja a nível do coração (para aqueles que funcionam mais a nível do coração). Para o equilíbrio, é necessário que o intelecto e o coração se consigam juntar.
 
A partir do momento em que poem o pé num caminho, assegurem-se que é mesmo esse o vosso caminho, porque saltar em permanência de uma via para outra, leva a uma perda de tempo precioso e, claro, não vos leva a evoluir.»

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário