O tempo escasseia...


O tempo escasseia…. Cientistas, ”profetas”, falam do fim dos tempos ou melhor dizer o fim de uma civilização. Já entramos no novo ciclo e na nova era, a era de Aquário.

Nestes tempos conturbados, de grandes mudanças a nível da humanidade, a nível do planeta, a nível das consciências, precisamos mudar o nosso nível de ser, o nosso nível de vibração.

Para que isso aconteça precisamos efectuar uma transformação interior, trabalhar sobre nós mesmos. É necessário mudar a nossa forma de pensar, de agir, de falar. Tomar continuamente consciência das nossas dúvidas, medos, sofrimentos, tristezas, a nossa falta de fé e confiança em nós-mesmo.

Esse trabalho deve ser constante com a ajuda da força de vontade, da coragem, da persistência para nos transformar, criando e cultivando a paz, a alegria, a sabedoria, a harmonia, o Amor, com a consciência do nosso sol interior.

Neste blogg podem encontrar alguma orientação. Mas o site http://www.ducielalaterre.org/ é muito mais completo.

Anna Carolina

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Não briquem com o fogo!

 
Quais são as precauções a serem tomadas quanto ao uso de cristais?
 
«Pergunta importante!
 
Actualmente, os seres humanos não têm o discernimento nem a sabedoria para usar correctamente os cristais.
 
O cristal tem um poder enorme! Ele guarda informações, mas guarda igualmente vibrações e energias.
 
Na Atlântida, houve uma utilização incorrecta do poder dos cristais. Não estamos a dizer que foi isso que afundou uma das ilhas da Atlântida, pois as primeiras ilhas, não se afundaram dessa forma, mas no entanto diremos de a má utilização dos cristais tem o poder de dizimar civilizações.
 
Sempre chamámos a atenção em relação aos cristais. Evitem usá-los em vocês, pois um cristal carrega-se do que vocês são. Se estiverem sempre cheios de Amor e Sabedoria, não haverá incidência, mas se, durante o dia, tiverem momentos de dificuldades, revolta, ou mesmo violência, o cristal integrá-los-á e poderá restituir-vo-los.
 
O cristal tem uma memória fabulosa, então imaginem os grandes cristais que se encontram na Terra! Imaginem tudo o que puderam recolher em si!
 
Um cristal está em relação com a frequência vibratória de todos os cristais que existem no mundo, com mais ou menos poder em função do seu tamanho. É evidente que um cristal muito pequeno receberá muito menos que um cristal muito maior e que a sua capacidade de entrar em relação com todos os cristais do mundo será menor.
 
Vocês ainda não descobriram nem um décimo de todos os cristais que se encontram no interior da Terra. A consciência da Terra precisa da energia desses cristais, e se conseguissem verdadeiramente utilizá-los de forma correcta, não só poderiam regenerar-vos como poderiam igualmente rearmonizar os vossos corpos permanentemente, ajudar nas falhas, ajudar em tudo o que gera desarmonias.
 
Repetimos: de momento, não têm sabedoria suficiente para realmente utilizar os cristais correctamente.
 
Por outro lado, os cristais com origem na Terra não poderão entrar em comunicação, em ressonância, com aqueles que foram trazidos de outras partes e que não fazem parte da Terra. Por exemplo o cristal azul de Machu Picchu não poderá realmente entrar em relação com os outros cristais da Terra.
Ainda chamamos a atenção do seguinte: não brinquem com o fogo! Um cristal tem muito mais poder criador e destrutivo do que podem supor!»

Pode reproduzir o texto seguinte e dar cópia dele sob a seguinte condição:
  • que não seja cortado
  • que o seu conteúdo não seja modificado
  • que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
  • que o nome de Monique Mathieu seja mencionado

Sem comentários:

Enviar um comentário